background_lotus.jpg
_butterfly.gif

ARTIGOS CIENTÍFICOS

O RELAXAMENTO COMO FORMA DE MELHORIA DO RENDIMENTO ESCOLAR
NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

A criança desde seu nascimento é condicionada a viver em um mundo objetivo. Este mundo objetivo geralmente o entendemos como estudar, trabalhar, enfrentar obstáculos, ir a busca de objetivos, em nome do desenvolvimento. Diante deste desafio, na educação de hoje, os professores se defrontam com diversas dificuldades que provocam a falta de motivação e concentração, o que coloca em risco a qualidade da aprendizagem. Isto está ligado diretamente aos conflitos no cotidiano, que obviamente farão com que a criança e o jovem desprendam energia para as resoluções dos problemas e, consequentemente, terão também maior desgaste físico e mental, e o que é pior desnecessariamente. Pensando neste aspecto, as técnicas de relaxamento como a yoga, podem superar ou amenizar os conflitos do mundo objetivo e entrar no mundo subjetivo para que se tenha um estilo de vida saudável e com isso, uma aprendizagem de qualidade. Nesse sentido, o presente artigo vem demonstrar que com a utilização de exercícios diários de relaxamento e concentração, como a yoga, que utiliza hábitos de postura correta, para o pleno funcionamento do aparelho respiratório, é possível estimular a concentração, a memória, permitindo desenvolver uma consciência e percepção do mundo, conquistando assim a disciplina em sala de aula. Desta forma o estudo tem como objetivo identificar a opinião dos professores sobre a compreensão e aceitação da prática de relaxamento como forma de melhoria da aprendizagem na educação física e demais disciplinas. Como metodologia utilizou-se de um questionário com seis professores, entre 30 e 50 anos, do sexo masculino e feminino, todos com pós-graduação específica nas disciplinas. Concluiu- se, portanto, mediante a pesquisa realizada, que a prática de relaxamento por intermédio da yoga produz uma melhoria no desenvolvimento integral do educando.

pelo aluno Joaquim Rodrigues de Oliveira Netto.

Professor de Educação Física da Rede Estadual da Educação – Graduado em Educação Física.

Participante do Programa de Desenvolvimento Educacional PDE. 2010