background_lotus.jpg
_butterfly.gif

ARTIGOS CIENTÍFICOS

A APLICABILIDADE DA MÚSICA NA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA

DENTRO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM DE ADULTOS

O objetivo da pesquisa é estimular a utilização da música com técnicas de Programação Neurolinguística - PNL para a aquisição de habilidades em adultos. Os criadores da PNL e outros autores foram escolhidos para a fundamentação teórica e metodológica com o intuito de apresentar as possibilidades que a mente possui para auxiliar na introdução e retenção de conhecimento. Espera-se como resultado que o artigo traga uma visão ampliada de como a PNL e a música podem ser aplicadas no aprendizado de adultos.

Trabalho apresentado dia 19 de dezembro de 2020, no Curso de Especialização em Programação Neurolinguística: Educação Sistêmica com Qualidade de Vida, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pela aluna Ellen Moreira da Silva.


Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

A ESTRELA QUE BRILHAVA DE DIA METÁFORAS E HIPNOSE

A Programação Neurolinguística (PNL) é uma disciplina que desenvolve habilidades para aperfeiçoar a comunicação. Dispõe de uma diversidade de técnicas simples e de imensa profundidade e conteúdo, proporcionam o desenvolvimento do autoconhecimento e maior consciência. Neste artigo será abordado o tema metáforas com inspiração na técnica de Milton Erickson (Hipnose Ericksonsiana). O objetivo é proporcionar de forma lúdica e consciente mais clareza sobre o potencial do ser humano em poder acessar o próprio inconsciente e encontrar os recursos de que precisa para realizar as mudanças desejáveis e resolver as demandas da vida.

Trabalho apresentado dia 27/11/2020, no Curso de Especialização em Programação Neurolinguística: Educação Sistêmica com Qualidade de Vida – Practitioner, oferecido pela Faculdade FATEC, Paraná;

pela aluna Thatiana Eggers


Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

A TERAPIA DA LINHA DO TEMPO

O presente artigo traz conceitos, esclarecimentos e a forma de aplicação da Terapia da Linha do Tempo, técnica que possibilita o acesso as memórias armazenadas no cérebro, promovendo mudanças e alterações transformadoras na personalidade das pessoas. Trata-se de um elemento chave no entendimento e na formação da Personalidade, aborda a forma de comunicação com os outros e consigo mesmo, bem como a forma de registro das informações. Apresenta também uma breve explanação de como utilizá-la, dos recursos e mecanismos necessários e aspectos relevantes para aplicação da prática, que por ser uma terapia que atua na causa raiz de um problema, é rápida e muito eficaz.

Trabalho apresentado dia 20 de janeiro de 2021 no Curso de Especialização em Master/Trainer em Programação Neurolinguística Sistêmica: Neuroaprendizagem Avançada e Excelência em Comunicação, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pelas alunas Márcia Maria Dotto Ramos e Maria Aparecida Bastos Cordeiro.

 

Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero.

COMO ALTERAR COMPORTAMENTOS POR MEIO

DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA SISTÊMICA

A pesquisa a seguir tem como objetivo apresentar técnicas criadas e utilizadas na Programação Neurolinguística Sistêmica (PNL) que permitem que um indivíduo compreenda o funcionamento da sua mente, reconheça seus comportamentos limitantes e consiga alterá-los, de maneira simples e prática. Para isso, será realizada uma pesquisa bibliográfica apoiada nas obras dos co-criadores da Programação Neurolinguística, Richard Bandler, John Grinder e Robert Dilts.

Trabalho apresentado dia 30 de janeiro de 2021, no Curso de Pós Graduação em Programação Neurolinguística Sistêmica: Educação Sistêmica para Qualidade de Vida, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pelas alunas Andréa Rigoni e Franciane Cristine Bubniak

 

Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

COMO UTILIZAR METÁFORAS EM SALA DE AULA

O uso de metáforas é algo inerente ao ser humano desde que começou a se comunicar oralmente. A evidencia disso está em antigos manuscritos e desenhos pictográficos em cavernas, pirâmides e pergaminhos. As metáforas são utilizadas para expressar questões abstratas ou até mesmo concretas e refletem as emoções, sentimentos e experiências socioculturais de quem está passando uma mensagem. Através delas, é possível explicar temas complexos que refletem a realidade das pessoas a quem se destina a mensagem. Como abordagem terapêutica e educativa as metáforas podem ser uma ferramenta muito rica para ser utilizada em sala de aula com alunos de todas as idades e culturas diferentes. O presente trabalho pretende revisar artigos e relatar experiências pessoais do uso de metáforas com o foco em Programação Neurolinguística em sala de aula e apresentar seus benefícios e sugestões de aplicações.

Trabalho apresentado dia 02 de dezembro de 2020, no Curso de Especialização em Programação Neurolinguística: Educação sistema com qualidade de vida, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pela aluna Milena Reis.


Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL EM COOPERATIVAS

SEGUNDO A PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA

ATRAVÉS DO METAMODELO DE LINGUAGEM

O presente artigo tem por objetivo analisar a importância da linguística assertiva para eficiência da comunicação organizacional: um estudo dedicado a analisar a Programação Neurolinguística bem como a aplicação do metamodelo de linguagem, visto que as cooperativas atuam com premissas de transparência e cooperação como seus principais valores, aliados a simplicidade na transmissão das mensagens. Para a realização deste estudo, adotou-se a metodologia caracterizada, quanto aos fins como descritiva. Quanto aos meios, bibliográfica, tendo como referência para esta análise os pressupostos da Programação Neurolinguística seguidos das técnicas de metamodelo de linguagem. Após esta verificação foi possível concluir que o metamodelo é uma ferramenta essencial para colher informações, viabilizar definições e ressignificar expressões. Esta configuração de análise diferencia a comunicação com vícios e apresenta uma direção para uma linguagem com padrões customizados dispostos a ampliar o mapa de mundo e despertar o exercício empático de autoconhecimento e observância. Os resultados obtidos possibilitam a aplicabilidade da ferramenta como caminho estratégico para organizações se posicionarem como referência em comunicação, aproximando-se dos cooperados e estabelecendo relações orgânicas.

Trabalho apresentado dia 16 de dezembro de 2020, no curso de Programação Neurolinguística: Educação sistêmica com qualidade de vida - Practitioner, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pela aluna Eliane Maria da Silva Schneider.

 

Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS POR MEIO DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA

A contação de histórias visa trazer para as crianças e adultos situações lúdicas para ampliar conceitos, de forma reflexiva que venha a melhorar a capacidade de interpretação e desenvolver a empatia como um todo. As ferramentas disponibilizadas pela Programação Neurolinguística (PNL) visa cooperar assertivamente por meio das metáforas, propiciando novas formas de aprendizagem, promovendo a autoanálise e expandindo a consciência para desenvolver o ser integralmente.

Trabalho apresentado dia 01 de janeiro de 2021, no Curso de Especialização em Master Trainer em Programação Neurolinguística Sistêmica: Neuroaprendizagem Avançada e Excelência em Comunicação, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pelos alunos Cinthia de Andrade e Silva e Luiz Augusto Levoratto Gomes.

 

Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

EFEITOS DO YOGA NOS SINTOMAS DE ANSIEDADE

EM ADOLESCENTES EM LAR SOCIAL

Transtornos de ansiedade tem atingido cada vez mais pessoas no mundo, seja pelo ritmo acelerado em que se vive atualmente, ou pelo excesso de informação e de conexão com as redes sociais, desconectando os indivíduos do momento presente. Jovens em lares sociais são acometidos de ansiedade também por estarem longe dos familiares, por terem vivido dramáticas infâncias, por medo do futuro ou pela dúvida em relação à adoção, além das turbulências naturais da idade. Este estudo teve como objetivo analisar os efeitos do Yoga nos sintomas de ansiedade de 8 adolescentes acolhidos pelo lar social Meninos de 4 Pinheiros, bem como identificar quais sintomas estão presentes neste grupo de jovens e os benefícios percebidos por eles a partir da prática de Yoga.

Trabalho apresentado dia 19 de Dezembro de 2020, no Curso de Especialização em Yoga com Biopsicologia, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pelas alunas Marcia Regina Ferreira da Costa e Maria Leticia Schneider

 

Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

O PODER DAS AFIRMAÇÕES POSITIVAS

A programação neurolinguística (PNL) convida a todos a embarcar na viagem do autoconhecimento, e este trabalho visa demonstrar como esta programação pode promover o autoconhecimento aos indivíduos que a descobrem, abre portas em todos os âmbitos da vida; pessoal, profissional e familiar, gerando a autotransformação. O autoconhecimento acontece quando traz luz as diversas possibilidades que cada indivíduo possui, respeitando o mapa de vida de cada ser.

Trabalho apresentado dia 10 de Janeiro de 2021, no Curso de Especialização em Programação Neurolinguística: Educação Sistêmica com qualidade de vida - Practitioner , pela Faculdade FATEC, Paraná;

pela aluna Shirley Slaviero Pazzini.

 

Orientadora: Vânia Lúcia Slaviero

O POTENCIAL DA PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUISTICA PARA O AUTO-RAPPORT E ENRIQUECIMENTO DO TRABALHO DOCENTE

O presente artigo busca refletir teoricamente sobre o potencial da Programação Neurolinguística (PNL) para autoconhecimento e enriquecimento do trabalho docente. A pesquisa tem caráter de natureza qualitativa e interpretativa. Este estudo problematiza sobre um dos pilares da PNL, o auto-rapport e o rapport com as outras pessoas, mais especificamente no enriquecimento do trabalho docente, otimizando as habilidades de comunicação. Sendo assim, os referencias estudados no Curso Programação Neurolinguística: Educação Sistêmica com Qualidade de Vida Practitioner do Instituto Educacional de Bem com a Vida, entre outros, nortearam as reflexões sobre nossas atitudes para melhorar e interiorizar a empatia, bem como, o comportamento frente aos outros e as coisas. 

Trabalho apresentado dia 10 de Janeiro de 2021, no Curso de Especialização em Programação Neurolinguística: Educação Sistêmica com qualidade de vida- Practitioner, pela Faculdade FATEC, Paraná,

pela aluna Juliana da Silva Rego Lacerda Krambeck.

 

Orientadora: Vânia Lúcia Slaviero.

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA SOBRE PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA E SEUS RECURSOS PARA UMA VIDA MAIS FELIZ

A Programação Neurolinguística, sendo uma disciplina que desenvolve habilidades de aperfeiçoamento, dispondo de uma diversidade de técnicas simples e de imensa profundidade e conteúdo, mostra que é possível o indivíduo se tornar consciente sobre os próprios padrões do subconsciente. O autoconhecimento profundo proporciona maior clareza sobre quem o indivíduo é, sua forma de ver o mundo, seus valores e propósitos. O objetivo deste artigo é apresentar através de pesquisa bibliográfica, alguns recursos da PNL e seus benefícios. 

Trabalho apresentado dia 05 de fevereiro de 2021, no Curso de Especialização em Programação Neurolinguística: Educação Sistêmica com Qualidade de Vida – Practitioner, oferecido pela Faculdade FATEC, Paraná;

pela aluna Maria Teresa Cordeiro

 

Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA E FORMAÇÃO EM SERVIÇO

RELATO DE EXPERIÊNCIAS

Este artigo relata vivências com a Programação Neolinguística (PNL), aplicadas ao longo do ano de 2020, junto ao Programa de Tutoria Pedagógica da Secretaria da Educação e do Esporte do Estado do Paraná (SEED). É um programa institucional implantado na rede estadual de educação a partir do início de 2019, quando mudou a gestão governamental. Foi desenvolvido em todas as escolas do Paraná e realizado através do acompanhamento semanal de tutores dos Núcleos Regional de Educação (NRE) junto às equipes gestoras das escolas. Trabalhando neste programa desde o início, a autora relata ações de trabalho com a PNL no âmbito do espaço educacional e na formação de profissionais da gestão escolar.

Trabalho apresentado no dia.28 de janeiro de 2021, no Curso de Especialização em Programação Neolinguística: Educação Sistêmica com Qualidade de Vida, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pela aluna Cleusa Maria Fuckner.

 

Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA

USO DE TECNICAS NO CONTROLE DA ANSIEDADE

A ansiedade é uma doença que se faz cada vez mais presente em nosso meio, atingindo grande número de pessoas pelo mundo inteiro. A Programação Neurolinguística (PNL) é uma disciplina que promove o reconhecimento dos processos de comportamentos da mente, desenvolvimento pessoal e profissional, também proporciona habilidades para aprimorar a comunicação entre as pessoas. Com base nisso, este trabalho tem como objetivo listar as técnicas pelas quais a Programação Neurolinguística (PNL) pode ajudar a reconhecer os processos da ansiedade, provocar mudanças e alcançar resultados positivos, reestruturar o controle das emoções, através de novas maneiras de pensar e agir, proporcionando saúde e bem estar.

Trabalho apresentado dia 03 de fevereiro de 2021, no Curso de Especialização em Programação Neurolinguística Educação Sistêmica com Qualidade de Vida, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pela aluna Patricia Maia Gonçalves.

 

Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

RESSIGNIFICANDO ATRAVÉS DAS METÁFORAS

Pretende-se através deste artigo compreender e reconhecer as metáforas e histórias metafóricas como sendo um caminho transformativo na jornada pelo autoconhecimento, desenvolvimento pessoal e ampliação do mapa de mundo de clientes em processos terapêuticos. Apresentando algumas abordagens que possam ser utilizadas dentro deste processo para a ressignificação de conflitos e acontecimentos, superação de desafios ou limitações emocionais e de doenças, resgate da identidade e autoestima, acessando conteúdos e informações inconscientes para a resolução destas questões e diversas outras situações de dificuldades. Em Programação Neurolinguística (PNL) a utilização das metáforas pode alterar a perspectiva, o comportamento e a comunicação consciente e inconsciente de quem as ouvem. As metáforas possuem uma linguagem de impacto, geram insights e transformações em diferentes níveis.

Trabalho apresentado dia 3 de novembro de 2020, no Curso de Especialização em Programação Neulínguística: Educação Sistêmica com Qualidade de Vida, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pelas alunas Clara Guimarães Belline e Priscila Valéria Marques Favetti.

 

Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

YOGA EM TEMPOS DE PANDEMIA

Este trabalho tem como objetivo evidenciar a importância das práticas do Yoga em tempos de pandemia. Com o isolamento social, onde não é permitido o contato físico, houve um rompimento brusco da rotina. Pessoas diariamente enfrentando inimigos invisíveis: “avalanche” de informações da mídia, energia densa dos centros urbanos, confusões psíquicas individuais, distorções de ideias, incertezas sócio-político-econômicas-espirituais. Muitos perderam seus entes queridos e amigos, o medo do desconhecido tem gerado ansiedade, causado angústias, depressão e transtornos diversos. Portanto, o Yoga pode ajudar a diminuir a pressão vivida pela humanidade, por meio de exercícios, reflexões e meditação.

Trabalho apresentado dia 19 de dezembro de 2020, no Curso de Pós-Graduação em Yoga com Biopsicologia pela Faculdade FATEC, Paraná;

pelo aluno José Augusto Cunha e pela aluna Marcia Heloisa de Medeiros Cunha.


Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

YOGA PARA CRIANÇAS DURANTE AS AULAS REMOTAS EM 2020

Esse artigo, baseado na coleta de dados, tem por objetivo apresentar os resultados positivos mediante as emoções de estudantes com o trabalho de Yoga durante as aulas remotas no ano de 2020. Ano em que as aulas on-line não foram optativas e a comunidade escolar entendeu como importante, cuidar da saúde mental, emocional e físico das crianças. O resultado demostrou ser fundamental e essencial no auxílio da saúde diante das dificuldades encontradas.

Trabalho apresentado dia 20 de janeiro de 2021, no Curso de Especialização em de Yoga com Biopsicologia, pela Faculdade FATEC, Paraná;

pela aluna Isabel Cristina de Paula Cordeiro.


Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

A MODELAGEM ATRAVÉS DOS NÍVEIS NEUROLÓGICOS

A Programação Neurolinguística (PNL) é uma disciplina que permite desenvolver habilidades especiais utilizando ferramentas poderosas, às vezes definidas ‘mágicas’ pelos mesmos criadores e autores da matéria. No presente trabalho vem sendo modeladas as habilidades da autora Vânia Lúcia Slaviero na própria arte de escrever livros. A abordagem é baseada na modelagem de excelência, analisando como as habilidades se manifestam; o processo de discernir a sequência das ideias e comportamentos que permitem a autora fazer a própria tarefa com espontaneidade e facilidade, é feito seguindo os níveis neurológicos.

Trabalho apresentado dia 20 de Janeiro de 2018, no Curso de Especialização em Master em Programação Neurolinguística: Neuroaprendizagem avançada, pela Faculdade ISULPAR, Paraná;

pelo aluno (Michelangelo) Michele A. Tinagli Casarosa


Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

RELAXAMENTO – MEDITAÇÃO E METÁFORAS CURATIVAS
NAS AULAS DE YOGA

Nas práticas de Yoga normalmente são usadas técnicas de relaxamento para auxiliar na administração do estresse e para anteceder o aprendizado da meditação. Dentro do relaxamento pode-se usar a condução da consciência psico-corporal, seguida de visualização criativa. O uso de metáforas é muito precioso, pois pode-se trazer recursos que os alunos necessitam de forma figurativa, imaginária, desbloqueando as resistências internas para abrir o acesso a informações curativas. As metáforas são usadas a milhares de anos por educadores, professores, religiões, política, filósofos e até mesmo por grandes mestres como Budha, Jesus, entre outros.

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à disciplina de Metodologia Científica como requisito parcial para obtenção do título de Especialista no Curso de Yoga com Biopsicologia, oferecido pela Faculdade FATEC.

pela aluna Vânia Lúcia Slaviero

 

Orientador: José Augusto Cunha

MOVIMENTOS DO YOGA NA SALA DE AULA

A organização pedagógica dos métodos ativos se baseia em atividades de vivência do aluno para alcançar a aprendizagem. O movimento é considerado muito importante. O atuar, ou seja, aprender fazendo caracteriza esses métodos. Na Educação Musical o movimento em gestos para ilustrar uma canção, o movimento em dança para uma audição ativa, ou para estudar um ritmo é uma prática comum e bastante investigada em pesquisas. Este trabalho propõe o uso dos movimentos corporais do yoga nas aulas de musicalização, aqui entendida como um processo lúdico de iniciação musical. Também sugere o mesmo para outras aulas que permitam a utilização de movimentos corporais, como leitura de poemas, harmonização para abertura de aula, relaxamento e preparação para uma atividade que necessite bastante concentração.

pela aluna Juliana dos Santos Garcia

Licenciada em Educação Musical pela UFPR; habilitada em Magistério (nível médio); em processo de formação em Pedagogia Waldorf pelo Círculo de Pedagogia Waldorf de Curitiba.

A PRÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICAS E DO HATHA YOGA
PARA A PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA

O objetivo deste trabalho é relacionar o conceito de qualidade de vida com práticas de atividades físicas destacando a importância da prática do Hatha Yoga para a promoção da saúde. Nos últimos anos, o tema Qualidade de Vida vem sido discutido com mais frequência por toda a sociedade mundial através de profissionais de diversas áreas que englobam o bem-estar espiritual, emocional, mental, psicológico e saúde física, propondo uma análise ampla, profunda e complexa sobre o tema.

Trabalho apresentado no dia 13 de abril de 2013, ao Curso de Pós-graduação em Yoga Pedagógico e Neuroaprendizagem, Instituto Superior de Educação da América Latina, Faculdade São Braz, Curitiba, Paraná,

pelo aluno John Rafael de Castro Neves.

 

Orientadora: Vânia Lúcia Slaviero.

FUNDAMENTAÇÃO DE UMA PROPOSTA DE EDUCAÇÃO TRANSDISCIPLINAR
ATRAVÉS DO MAPA INTEGRAL E DO YOGA

As premissas dessa pesquisa são as seguintes: (1) a visão integral é um mapa capaz de ampliar nosso nível de consciência e auxiliar no desenvolvimento humano e na proliferação de valores que promovam a vida; (2) de que a educação é a forma consagrada em nossa sociedade para transmissão dos mapas de navegação da realidade e (3) de que o Yoga é um conteúdo da cultura corporal capaz de transmitir a visão holográfica da vida. Desse modo, o objetivo geral da pesquisa foi fundamentar uma perspectiva de educação transdisciplinar a partir do Mapa Integral e do conhecimento da cultura corporal do Yoga no micro contexto social escolar das crianças de 4 a 8 anos. Os objetivos específicos foram: apontar os cinco elementos do Mapa Integral, identificar as potencialidades das crianças com idade entre 4 e 8 anos e estruturar uma estratégia pedagógica transdisciplinar para compartilhar conhecimentos com as crianças, através do método do Yoga pedagógico. Concluiu-se que o Mapa Integral e o Yoga são grandes instrumentos para se trabalhar e compreender o ser-humano em sua totalidade, pois dá conta dos três pilares básicos da transdisciplinaridade expostos por Nicolescu. É claro que muita coisa ainda precisa ser revista dentro da educação, entretanto, espera-se que a fundamentação aqui proposta inspire educadores e educadoras de todo o mundo, nessa labuta diária de transmissão dos mapas que estimulam a perpetuação da vida no nosso planeta, de modo sustentável, pacífico, cooperativo e justo.

Trabalho apresentado dia 13 de Abril de 2013, no Curso de Pós-Graduação em Yoga Pedagógico e Neuroaprendizagem, pela Faculdade São Braz, Curitiba, Paraná;

pelo aluno Thiago Felipe Sebben.
 

Orientador: Prof. Esp. John Rafael de Castro Neves.

OS BENEFÍCIOS DA RESPIRAÇÃO CONSCIENTE PARA ADOLESCENTES
NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM ESCOLAR.

O objetivo deste trabalho é apresentar alguns benefícios da respiração correta, para alcançar o bem estar e prazer no processo de aprendizagem no âmbito escolar através de indicações de como proceder para que essa respiração seja eficiente e atinja os objetivos pertinentes a concentração.

Trabalho apresentado dia 13 de abril de 2013, no Curso de Pós-Graduação em Yoga Pedagógico com Neuroaprendizagem pelo Faculdade São Braz, Curitiba Paraná:

pela aluna Josiane Borgmann Viana.

 

Orientador: John Rafael Castro Neves, Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero.

A UTILIZAÇÃO DO YOGA E MASSAGEM SHANTALA PARA
UMA VIDA SAUDÁVEL DE MAMÃES E BEBÊS

Os movimentos e estímulos visuais, auditivos e tácteis proporcionados pelo Yoga e Massagem para Bebês são de fundamental importância para o desenvolvimento psicomotor dos mesmos, auxiliando no fortalecimento do vínculo entre pais, cuidadores e bebês. A partir das práticas desenvolvem força, resistência, flexibilidade e relaxamento, minimizando assim os efeitos do estresse, das tensões, auxiliando também as mães na recuperação pós – parto. Este estudo se propôs, por meio de uma revisão de literatura, descrever os benefícios da prática do Yoga para mamães e bebês e da Massagem Shantala.

Artigo apresentado no dia 14 de maio de 2013 como Trabalho de Conclusão do Curso de Pós- Graduação em Yoga Pedagógico e Neuroaprendizagem, pela Faculdade São Braz, Curitiba – Paraná,

pelo aluno Daniel Sales dos Santos.

 

Orientadora: Vânia Lucia Slaviero

O YOGA PARA A PROMOÇÃO DE SAÚDE
DOS CIRURGIÕES - DENTISTAS

Os cirurgiões – dentistas (CD) estão no grupo de riscos para desenvolver as lesões por esforços repetitivos (LER) e distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT). Portanto, devem seguir as normas ergonômicas adequadas, adotar um estilo de vida com atividades físicas, evitando o sedentarismo, observar as correções posturais e tomar atitudes que favoreçam a hábitos mais saudáveis. Este estudo objetivou revisar, por meio de uma análise da literatura, os distúrbios físicos e emocionais inerentes ao exercício da Odontologia, bem como descrever alguns exercícios físicos e respiratórios (ásanas e pranayamas) do yoga que podem contribuir para melhorar a qualidade de vida dos referidos profissionais.

Artigo apresentado dia 14 de maio de 2013 como Trabalho de Conclusão do Curso de Pós – Graduação em Yoga Pedagógico e Neuroaprendizagem, pela Faculdade São Braz, Curitiba – Paraná,

pela aluna Andréa Paula Fregoneze.

 

Orientadora: Professora Vânia Lúcia Slaviero.

YOGA PEDAGÓGICO NA DEFICIÊNCIA INTELECTUAL:
UM ESTUDO DE POSSIBILIDADES

Objetivo do presente artigo é analisar a possibilidade e estratégias para aplicar aulas de yoga em sala de aula com alunos que apresentam deficiência intelectual (DI) e também por ser um tema e uma forma nova de trabalho e fazer parte no ambiente acadêmico. Aborda as dificuldades e soluções encontradas durante a aplicação das aulas e alcançar resultados alcançados.

pela aluna Vilma Weber.

Pedagoga, Especialista em Psicopedagogia – UNIPAR- TOLEDO-PR

ACESSÓRIOS, CONSCIÊNCIA E CONSIDERAÇÕES AYURVÉDICAS
NA PRÁTICA DAS POSTURAS DE YOGA.

O objetivo do estudo é apresentar a prática do Yoga como uma ferramenta de controle do estresse de forma desmistificada para o público leigo ocidental enfatizando o uso de acessórios e da auto-observação na realização das posturas, realizando um paralelo entre os tipos de posturas, de práticas de yoga e de tipos ayurvédicos.

Trabalho apresentado dia 13 de Abril de 2013, no Curso de Pós-Graduação em Yoga Pedagógico e Neuroaprendizagem, pela Faculdade São Braz, Curitiba, Paraná;

pela aluna Juliana Gadelha Luna.

 

Orientadora/Coordenadora: Vânia Lúcia Slaviero

YOGA PEDAGÓGICO E EDUCAÇÃO FÍSICA:
TECENDO POSSIBILIDADES

O presente estudo pretende tecer possibilidades acerca da utilização do yoga na escola, embasando-se na perspectiva apresentada pelo método Recherche sur Le yoga dans l ́education – R.Y.E, sugere-se uma possível conexão entre os elementos do yoga com as práticas existentes no âmbito da educação física escolar. Na tentativa de criar alicerces para a formação de uma nova perspectiva de ser humano, surgem abordagens pedagógicas alternativas que visam reintegrar as dimensões física, mental e espiritual.

Trabalho apresentado dia 13 de Abril de 2013, no Curso de Pós-Graduação em Yoga pedagógico e Neuroaprendizagem, pela Faculdade São Braz, Curitiba, Paraná;

pela aluna Vanessa Schivinski Mamoré.

 

Coordenadora: Vania Lucia Slaviero. Orientador: John Rafael de Castro Neves.

INFLUÊNCIAS DA APLICAÇÃO DE EXERCÍCIOS RESPIRATÓRIOS DO YOGA
PEDAGÓGICO EM UM ATLETA DE FUTEBOL AMERICANO

O presente artigo tem por objetivo analisar o papel da prática regular de exercícios de Yoga. Em específico, algumas técnicas de respiração, chamadas de pranayamas, em um jogador de futebol americano. O jogador analisado apresentava alto nível de estresse, ansiedade característica da competitividade e o estado de humor negativo. A partir do momento que as técnicas foram aplicadas e que o atleta aprendeu a realizá-las com disciplina, houve um grande avanço no controle emocional. Resultando num melhor desempenho diante do desafio que é lançado em cada jogo.

pelo aluno Pedro Paulo Eger Vera.

Graduado em Educação Física pela UNICENP (Universidade Positivo).

YOGA PEDAGÓGICO E SEUS VALORES UTILIZADOS
NA EDUCAÇÃO INFANTIL

É de suma importância tratar a criança com respeito e valorizar sua história de vida para que ela se sinta segura e amada no âmbito escolar, tudo isso voltado para uma dimensão mais afetiva, onde se devem considerar os fatores sócio-emocionais dentro de uma sociedade com dificuldades de relações interpessoais desestruturadas que gera a ansiedade, o individualismo e o estresse, entre outros fatores considerados prejudiciais ao ver da biopsicologia. Contudo, este artigo está baseado na questão da afetividade e do respeito dentro do sistema escolar na busca por uma melhor qualidade de vida para nossas crianças da educação infantil através do yoga pedagógico, que visa valorizar assim a harmonia e o amor na relação professor-aluno e aluno-aluno dentro do ensino infantil através do yoga em sala de aula.

pela aluna Vanessa Félix Guilherme.

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

A EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DE SALA DE APOIO
À APRENDIZAGEM COM PRÁTICAS DE RESPIRAÇÃO CONSCIENTE
NO COLÉGIO ESTADUAL CAMPO MAGRO

O presente artigo tem por objetivo alinhar a aquietação da mente e equilibrar as emoções, através de práticas de respiração (pranayamas), em estudantes de Sala de Apoio a Aprendizagem. Conscientizando-os sempre, da qualidade de uma respiração consciente, que tende à estabilidade emocional e pleno discernimento. Além de fortalecer o sistema respiratório, traz equilíbrio, sensação de bem estar, e os transporta para um nível maior de conforto e sobriedade para interagir com pessoas, e em situações do cotidiano da vida.

pela aluna Alessandra de Fátima Pereira Laranjeira.

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Tuiuti do Paraná.

METODOLOGIA DA EMPATIA ATRAVÉS DA PROGRAMAÇÃO
NEUROLINGUÍSTICA NO ATENDIMENTO TERAPÊUTICO PSICOPEDAGÓGICO

A Programação Neurolinguística (PNL) é uma disciplina que desenvolve habilidades para aperfeiçoar a comunicação e a empatia nas relações. No atendimento terapêutico educacional, estas habilidades são fundamentais, pois o psicopedagogo está sempre em relação com seus pacientes (clientes) e a eficácia de seu atendimento é o resultando do autêntico estado empático. No ato terapêutico o profissional necessita ter consciência de si mesmo, de sua intenção e na forma como ele comunica: suas palavras e expressões não verbais. A empatia é a base para o vínculo entre terapeuta e paciente (cliente), influenciando na construção do processo de busca do bem-estar, seja este emocional, corporal ou espiritual. A empatia envolve intenção e atenção plena, consciência do que se pensa, sente e fala. Quando se alcança a habilidade da empatia usando os recursos práticos e teóricos da Programação Neurolinguística percebe-se o aflorar da autenticidade, coerência, honestidade, amorosidade e serenidade no atendimento. O resultado é um ganho em qualidade tanto para o terapeuta quanto para o paciente (cliente).

Artigo apresentado dia 30 de Agosto de 2012, como Trabalho de Conclusão do Curso de Pós- Graduação em Yoga Pedagógico com Neuroaprendizagem , pela Faculdade São Braz, Curitiba, Paraná;

pela aluna Vânia Lúcia Slaviero.


Orientadora: Eliane Valore de Siqueira.

JARDIM SENSORIAL: PERCEPÇÃO – REFLEXÃO – SENSAÇÃO
(ENSAIOS LÚDICOS, DIDÁTICOS E CIENTÍFICOS)

Jardins sensoriais públicos vem ganhando cada vez mais adeptos no mundo e por seus estímulos e propriedades eles trazem inúmeros benefícios. Ótimos lugares para relaxamento e reabilitação do stress cotidiano, consistem ainda de fontes de informação a respeito das propriedades medicinais da flora. Os processos de percepção vão além da visão, passando pelo tato (texturas e formas) pelo olfato(aromas) pela audição (pássaros, sinos e natureza) e pelo paladar (sabor). Médicos e educadores têm sugerido visitas aos jardins das sensações, no sentido de resgatar a natureza nos centros urbanos, bem como acalmar crianças com dificuldades em aprendizagem. Esses locais servem também como excelentes refúgios para leitura, meditação e lazer. Várias zonas temáticas ao longo do processo visam estabelecer diferentes nichos(ambientes). Nas áreas lúdicas: processos desafiantes (labirinto de Eucalyptus, passarela em ziguezague, escadas) nas áreas científicas: espirais de ervas selecionadas com informações de uso medicinal e nas áreas didáticas, uma plataforma central (deck de toras de eucalipto), para dinâmicas, fóruns de discussão e comentários. Como atividades complementares são oferecidas periodicamente oficinas de tintas ecológicas, compostagem, agro ecologia (consórcios vegetacionais), permacultura, minhocário, viveiro de mudas e seed balls (bolas de sementes).

pelo aluno José Augusto Cunha.

O RELAXAMENTO COMO FORMA DE MELHORIA DO RENDIMENTO ESCOLAR
NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

A criança desde seu nascimento é condicionada a viver em um mundo objetivo. Este mundo objetivo geralmente o entendemos como estudar, trabalhar, enfrentar obstáculos, ir a busca de objetivos, em nome do desenvolvimento. Diante deste desafio, na educação de hoje, os professores se defrontam com diversas dificuldades que provocam a falta de motivação e concentração, o que coloca em risco a qualidade da aprendizagem. Isto está ligado diretamente aos conflitos no cotidiano, que obviamente farão com que a criança e o jovem desprendam energia para as resoluções dos problemas e, consequentemente, terão também maior desgaste físico e mental, e o que é pior desnecessariamente. Pensando neste aspecto, as técnicas de relaxamento como a yoga, podem superar ou amenizar os conflitos do mundo objetivo e entrar no mundo subjetivo para que se tenha um estilo de vida saudável e com isso, uma aprendizagem de qualidade. Nesse sentido, o presente artigo vem demonstrar que com a utilização de exercícios diários de relaxamento e concentração, como a yoga, que utiliza hábitos de postura correta, para o pleno funcionamento do aparelho respiratório, é possível estimular a concentração, a memória, permitindo desenvolver uma consciência e percepção do mundo, conquistando assim a disciplina em sala de aula. Desta forma o estudo tem como objetivo identificar a opinião dos professores sobre a compreensão e aceitação da prática de relaxamento como forma de melhoria da aprendizagem na educação física e demais disciplinas. Como metodologia utilizou-se de um questionário com seis professores, entre 30 e 50 anos, do sexo masculino e feminino, todos com pós-graduação específica nas disciplinas. Concluiu- se, portanto, mediante a pesquisa realizada, que a prática de relaxamento por intermédio da yoga produz uma melhoria no desenvolvimento integral do educando.

pelo aluno Joaquim Rodrigues de Oliveira Netto.

Professor de Educação Física da Rede Estadual da Educação – Graduado em Educação Física. Participante do Programa de Desenvolvimento Educacional PDE. 2010

RELATOS DA UTILIZAÇÃO DO YOGA NO AMBIENTE ESCOLAR

É constante o enfrentamento de desafios e necessidade de novos meios para agir diante das dificuldades que se apresentam na sociedade atual que se reflete dentro e fora da escola. Alunos e professores apresentam questões geradas por essa realidade que atrapalham o bom desempenho escolar. Portanto o yoga na escola pode ser visto como uma alternativa metodológica, uma ferramenta para auxiliar na resolução de tais situações. Deste modo o presente estudo foi fundamentado na revisão de literatura que proporcionasse a investigação de relatos sobre a utilização do yoga no ambiente escolar e apontamentos sobre sua aplicação. Foram diferentes formas de utilização do yoga, adaptados ao ambiente escolar, que mostraram resultados positivos. Proporcionando à comunidade escolar e científica uma percepção de possibilidades de atuação diante das dificuldades, em vários aspectos, encontradas diariamente nas instituições de ensino.

pela aluna Helen Beatriz Sieber Varjão

Licenciada em Educação Física- PUCPR, atua na rede pública municipal de ensino em Curitiba - PR.